AEP Link identifica as necessidades das PME portuguesas


No âmbito do projeto AEP LINK, a AEP realizou um diagnóstico às necessidades de colaboração e fornecimento das PME, que pretendeu identificar as principais necessidades das PME portuguesas no que concerne a três fatores críticos, considerados basilares para a competitividade – economia digital, inovação e investimento –, a fim de, com base nos resultados obtidos, poderem ser desenvolvidas soluções que visem contribuir para o aumento da competitividade das PME, a nível nacional e internacional. Complementarmente, foi abordada uma quarta dimensão, a sustentabilidade empresarial, que assenta na análise de liquidez das PME, nos créditos financeiros, e nas vendas e atividades de prospeção de clientes. Este estudo, desenvolvido pela consultora Deloitte, foi realizado com base num inquérito feito a 1.766 PME, via telefone, online e presencialmente, entre abril de 2019 e março de 2020.
 

No que concerne aos fatores críticos para competitividade das empresas, o diagnóstico pretendeu aferir:

- A maturidade digital das PME, e quais as medidas digitais que planeiam implementar e que consideram prioritárias;

- Os constrangimentos e necessidades ao nível do desenvolvimento de atividades de inovação, e quais as principais atividades de inovação já implementadas nas empresas;

- As necessidades de investimento por parte das PME face aos seus objetivos de expansão e consolidação de negócio; as principais opções de captação de capital; e ainda identificar as áreas corporativas nas quais existe maior urgência de investimento.

Consulte o relatório completo do diagnóstico às necessidades das PME aqui.


Fonte: AEP Link