Portugal é agora o 12.º país mais inovador da União Europeia


Portugal é agora o 12.º país mais inovador da União Europeia, após ter subido seis lugares face à posição no ano anterior. É a melhor colocação do país de sempre.

Em 2019 Portugal liderava o grupo dos países "moderadamente inovadores", tendo este ano subido 6 lugares face à posição que ocupava no EIS 2016 (18.º lugar) e integra, assim, o grupo da Alemanha e da França. Esta é a melhor posição nacional de sempre nesta classificação, sendo de registar uma forte convergência com a média da UE, desde 2016.

Segundo relatório do EIS2020, os pontos fortes do sistema de inovação em Portugal situam-se ao nível do ambiente para a inovação, da atratividade do sistema de investigação e na inovação empresarial. Portugal encontra-se acima da média da UE em indicadores como: publicações científicas em coautoria com autores fora do espaço comunitário; a penetração da Banda Larga nas empresas; o número de estudantes internacionais de doutoramento; o registo de marcas comunitárias; as despesas com inovação não-tecnológica; a percentagem de empresas com formação em TIC; a percentagem de PME com inovação de produtos/processos, marketing/organizacional; a percentagem de PME inovadoras que colaboram com outras PME e o emprego em empresas de elevado crescimento de setores inovadores.

O EIS 2020 - publicação anual da Comissão Europeia que pretende medir e acompanhar o desempenho dos Estados-membros da União Europeia em termos de inovação - menciona, também, outras dimensões importantes para o processo de inovação onde Portugal está acima da média da UE, nomeadamente nas atividades de empreendedorismo ou no nascimento de novas empresas, estando em linha com a média europeia na procura pública de produtos tecnologicamente avançados e nos procedimentos necessários para a criação de empresas.
 

 

Fonte: European Commission